Home

Voltam hoje a se reencontrar.

Cabral, da revolta que machuca o seu coração, nem quis falar.

Magoado pelos que o traíram, sim, gente que ele tanto ajudou. Parte de sua via Crucis começou, há mais de um ano.

Picciani dá os primeiros passos nessa espinhosa estrada. Claro, há a dor de um filho preso.

Cabral vai lembrar que teve a esposa presa, mas que hoje ela vai bem, embora triste pela sua ausência, seus carinhos, seu papel de chefe de família, sempre pleno de afeto e delicadezas.

O dinheiro, o poder, podem sim, refinar nossas almas.

Dirá para Picciani não estar Adriana feliz, feliz da vida, segura, mas pelo menos, sabe ele, está bem hospedada, recebendo inclusive a brisa do mar, das águas salgadas do Atlântico Sul.

Picciani terá que ouvir muito, como sempre ouviu Cabral, mas ele também precisa acalmar seus parceiros, que com ele se encontram, tarefa essa que o ex-governador já dominou.

Olhando em torno, desconfiado, Picciani e sua gente, recém-chegada, arredia, feito bicho do mato, percebem que os escudeiros de Cabral revelam serenidade.

Tudo em Benfica, pelo menos nesta primeira noite, está dominado.

Ela hoje será longa, como todas as noites sem um vinho de uma safra histórica, sem as conversas ruidosas que o poder concede aos seus eleitos.

Enfim, terão muito o que conversar, chorar mágoas, reconhecer que o ser humano é a mais venal das espécies, principalmente a laia que eles tanto ajudaram.

Curioso é que Cabral, desde jovem perseguiu emagrecer, já na escola sofria bullying por ser gordinho.

Ficou poderoso, rico, conseguiu tudo, mas nunca ganhou o corpo sarado que sempre sonhou.

Agora o tem, mas não está feliz. (22/11/2017)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s