Home

Anitta 3
Quem teve o privilégio de fazer pelo menos o Curso básico, o velho Ginasial, tem na memória o ufanismo do Conde Afonso Celso, “porque me orgulho de ser brasileiro”.

Até a primeira metade do século 20 ele predominou, e cresceu sob
o signo do nacionalismo.

Mesmo assim a cultura brasileira, mesmo colonizada, dialogava com as expressões artísticas que procediam de outros países.

O velho ufanismo do Conde foi ridicularizado, por óbvio.

O Brasil moderno necessitava da crítica, e não da apologia despolitizada
do passado e do presente.

Até recentemente tivemos movimentos como a Bossa Nova, Cinema Novo, expressões como Pixinguinha, Tom Jobim, João Gilberto, e tantos outros.

Tudo mudou. E, não, necessariamente para melhor, vamos supor.

Temos hoje Roberto Carlos, um clichê que se repete na mudança de
ano na TV-Globo.

Agora Anitta, o verdadeiro símbolo do Brasil com o seu “Vai Malandra”,
o novo hino nacional, fazendo Beyoncé, Lady Gaga, Justin Bieber, comerem poeira nas paradas do Youtube.

Já surge Pabllo Vittar, misto de homem/mulher, que beleza.

Ludmilla está a caminho.

Que esperar de um país onde as famílias têm como meta suprema matricular seus filhos em escolas bilíngues?

Perdemos a reflexão, macaqueamos culturas, principalmente a norte-americana, e explodimos de orgulho quando ouvimos Anitta, após encantar quase 3 milhões de pessoas, nas areias de Copacabana, proferir a frase definitiva, insuperável, quase eterna;

“Vocês acharam que eu não ia rebolar a minha bunda hoje?”

ps – este texto idiota é um filhote de Marco Antônio Villa, nele se inspira, o historiador, que de tanta lucidez pode ter o triste fim de Policarpo Quaresma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s