Home

marcela-temer-13

Algo deve mudar, ensinou Lampedusa, para que tudo continue como está.

Dilma saiu por incompetência, não tanto na gestão do estado, mas principalmente pela incapacidade de “estancar a sangria” produzida pela Lava/Jato.

Os 13 anos de lulopetismo, não há que duvidar, inauguram, forma revolucionária a corrupção sistêmica, nunca vista antes, em nossa História.

A corrupção, o compadrio, o nepotismo, a impunidade dos poderosos começa já com o primeiro Cabral, sabemos todos.

Mas o ordenamento da corrupção, sua institucionalização, penetração abrangente, associada aos grandes grupos privados, é um feito notável do Governo popular.

Foram os generosos anos dos “campeões nacionais”, os amigos do Príncipe, o maravilhoso capitalismo de “quadrilha” que o Governo lulopetista consolidou.

Entra Temer, velho aliado, e já no início pede; “tem que manter isso, viu?”

Foi a sua marca, a logo mais expressiva de seu grupo.

Reconheçamos; Temer – com o Congresso dobrado, cooptado, que ele conhece como poucos, por óbvio, e parcerias pontuais com alguns ministros do STF – está mostrando para o que veio, e dando conta do recado.

Com seu jeitão encouraçado, uso frenético das mãos, mas atento aos valores da família, e prova disso é que teria casado com a bela Marcela ainda virgem, segundo revelação da própria, deve, no recolhimento da alcova, lembrar à companheira fiel:

– Estou dando conta do recado, viu?

O que não fica bem claro, aos ouvidos da bela Marcela, todas as vezes que assim se expressa, de que cumprimento de dever ele se refere.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s