Home

TEATRO DE REVISTAS 1

Assim nos parece, já que ao tempo de Walter Pinto, quando as gostosonas iam saindo de cena, logo entravam outras mais, não menos estonteantes.

O público, deslumbrado, não conseguia nem ir ao toalete.

O show não podia parar.

Conforme foi dito, no mesmo dia das primeiras prisões na reeleição de Blatter, em Zurique, na Suíça, sairia o Petrolão e logo entraria o Fifão.

Não deu outra.

Pode-se imaginar a euforia nas poderosas e caras bancas de advocacia, que defendem o milionário pessoal do listão do Janot.

E o estado de tensão dos envolvidos diretamente na Operação Lava-Jato.

(3/06/2015)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s