Home

rodrigo maia e temer

Temer jogou a toalha.

Reuniu sua base parlamentar e disse que a reforma da Previdência não será aprovada. Atribui tal fracasso à mídia, à sociedade e até mesmo ao Congresso.

Revelou tudo isso num tom de desencanto, certamente instruído para assim parecer.

O que não disse é que ela deixou de ser aprovada quando ele, numa conversa nada republicana, recebe Joesley Batista, nos porões do Palácio do Jaburu, e verbaliza uma conversa de bandidos.

Com mais de um ano ainda de Governo, queimou todas as suas gorduras cooptando um Congresso a peso de ouro para não ser despejado da Cadeira presidencial.

Se não recorrer a uma garrafa térmica, começa a tomar café requentado.

Enfraquecido, tornado “pato manco”, vem agora com essa balela de culpar a mídia e a sociedade.

Mais uma lorota do “cara” das mesóclises e ênclises.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s