Home

Amanda e Nat

Estas duas mídias – face e blog – têm sido acusadas de disco arranhado, ideia fixa, catatonia, se detêm apenas em política, meio ambiente e literatura.

Certamente procede, tal justa queixa, caro internauta.

E, no entanto, a piscina do Botafogo, beijando a enseada, onde Machado em sua caminhada ao Cosme Velho, sua última morada, costumava se deter para contemplar os encantos do mar, permanece viva, e não menos bela.

Machado não há mais, o Rio de ontem também, e, no entanto, sobreviveram suas personagens, doces sinhazinhas – Amanda e Nat – que continuam produzindo cultura nas raiais eleitas da piscina.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s