Home

herman benjamin 2

Temer enfrenta hoje a 3ª tentativa de apeá-lo do poder e nas duas anteriores foi uma afronta não ter acontecido.

O país assistiu, envergonhado, à sua vitória.

Na Justiça Eleitoral – TSE – julgando as contas da chapa Dilmar/Temer, tivemos a figura inesquecível de Herman Benjamin, relator do processo, que mesmo doente, enfrentou, dando orgulho ao país, figuras como Napoleão Maia e Gilmar Mendes.

Na 1ª denúncia da PGR o escândalo da compra de votos, na Câmara de Deputados, foi deplorável, conforme  acontece agora.

Impopular, a menor aprovação de que se tem notícia de um presidente, o diabo do homem não cai; nem o povo vai às ruas.

Dilma, honestíssima, segundo seus seguidores, não teve impopularidade tão baixa, houve até quem às ruas fosse; sindicatos e movimentos sociais, mesmo assim  terminou  desalojada.

Tentando entender; Dilma implodiu a economia como nunca antes acontecera.

Temer, ao escolher uma equipe econômica competente, está reduzindo os estragos feitos por Dilma.

Resultado da soma; o que derruba um Governo é, quase sempre, a economia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s