Home

Carmen Lucia (2).jpg
A queda, acidente criminoso – só Deus sabe – de Teori Zavascki, viabilizou a sagração de Alexandre Moraes, que jamais ficará conhecido como o Grande.

O círculo dos anjos caídos, onde pontificam Gilmar Mendes, Lewandowsky, Marco Aurélio Melo, Toffoli, ficou fortalecido, desequilibrou o jogo.

No outro lado da paisagem temos Luís Barroso, Fux, Celso de Melo, Edison Fachin, Rosa Weber, as pessoas de bem, que apostam num país mais justo, é o que parece.

Lamentável foi Carmen Lúcia, em quem tanto se apostou.

No triste 11 de outubro, revelou-se, não pode exibiu a face excessivamente mineira.

Exercitou o jogo de Tancredo, da velha política da conciliação, dos “acordões”, foi quase Aécio Neves, o neto querido.

Abdicou de presidir a Casa, passou a bola para o decano Celso de Melo, gaguejou, gaguejou novamente, a cada intervenção deixava mais confuso o plenário, avançava, recuava, enfim, ficou tudo patético, quase a escolinha do professo Raimundo.

Renunciou ao que uma mulher tem de mais visível e sagrado; a coragem, a firmeza de espírito.

Piscou, enfim. Triste piscada.

Pior; ajoelhou, tomou a bênção, e beijou a mesa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s