Home

ditadura 222

Ninguém tem mais autoridade que Elio Gaspari para falar sobre a última ditadura militar brasileira. Talvez nem mesmo os historiadores.

O resgate que fez sobre essa experiência, numa obra de cinco volumes, nada até hoje se aproximou.

Eis o que disse ontem, alguns trechos, sobre essa dolorosa experiência.

(…) O pronunciamento do general Antônio Mourão e a forma como ele foi absorvido pelo governo expuseram um renascimento da desordem.

Há dois anos, durante o governo de Dilma Rousseff, o mesmo general falou de política e perdeu o Comando Sul, a mais poderosa guarnição do país.

Dilma agiu, Temer piscou. Mourão passou incólume e recebeu até um elogio pessoal de seu comandante.

(…) As viúvas da velha ditadura e as ilustres vivandeiras que hoje rondam os bivaques dos granadeiros, fingem que o regime de 1964 foi um período de ordem e progresso.

Foi uma bagunça. Seus anos de crescimento econômico desembocaram na falência do país e numa inflação de 223%.

(…) A palestra do general durou uma hora e está na rede. É uma salada de intenções, preconceitos demofóbicos, cenários apocalípticos e pelo menos uma insinuação de mau gosto. Respondendo a uma pergunta, Mourão resumiu-se:

“Ou as instituições solucionam o problema político pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso.” (…) “Essa imposição não será fácil. Ela trará problemas, podem ter certeza disso.”

(…) O general disse que não se conhece a receita dessa imposição. Nas suas palavras, “a forma do bolo”.

Conhece-se o gosto do doce: fecha-se o Congresso, rasga-se a Constituição e entrega-se o governo a um fantoche togado ou a um general.

Não será fácil, diria também o general Augusto Pinochet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s