Home

Kakay

Dá para imaginar a operação de guerra que foi o aniversário de Kakay, o advogado brasiliense dos grandes malfeitores do país, em Lisboa, Portugal?

Foram convidados 220 varões da República, e suas respectivas famílias, que partindo de diferentes estados brasileiros, tiveram como endereço final o suntuoso Palácio Xabregas, construído há mais de 600 anos.

Imaginemos as reservas de hotel, os longos voos, o deslocamento dessa gente fina e dourada, a recepção personalizada, as viaturas com seus respectivos motoristas, para, vamos supor, atender, principescamente, no mínimo a umas 500 pessoas.

Estamos falando apenas dos convidados.

Essa logística não deve ter sido menos complexa, por exemplo, que a operação do Exército, Marinha e Aeronáutica ocupando a Rocinha.

Carminha, a grande cantora portuguesa, se apresentou.

O hit da festa foi o “Falador Passa Mal”, na versão de Jorge Bem Jor, batizada de “Melô do Delator”.

Nada mais pertinente.


Um dos trechos, cantado sobre sob histeria coletiva, quase aos choros:

 “ Que malandro é você?/ Que não sabe o que diz/ Cuidado que muita mentira, você pode perder o nariz”.

No final da grande noite, da festa inesquecível, incendiado de emoção, Kakay agradeceu;

“Na terra do poeta, eu pratiquei o socialismo das ideias e dos afetos. Bem-vindos ao meu delírio.”

Foi lindo. Humanamente poético. Certo, advogado, mas com alma elevada. 

Pena, quem vai saber, que parte desta elevação poética, tenha como musa  honorários de malfeitores.

Quem não a viveu, a bela noite de aniversário de Kakay, pensando bem, nem merece ter nascido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s