Home

 

Guerra no Rio

Não é frase de efeito. O Rio está sitiado.

O Exército já mobiliza 950 homens, numa tentativa de isolar a Rocinha, de onde partiram os primeiros confrontos entre traficantes já na madrugada de 6a feira.

Catorze blindados estão mobilizados, afora helicópteros cortando os céus da orla marítima do Rio.

Uma pessoa querida, quando se dirigia ao Projac, pela manhã, acompanhou os últimos momentos de um ataque a um caminhão da PM, com cerca de 50 policiais, e mais uma picape, lotada de agentes.

Aqui no Jardim Botânico, na rua Pacheco Leão, onde fica a TV Globo, o restaurante onde frequento recebeu a presença de dezenas de traficantes, armados de fuzis.

Queriam “quentinhas”, foram prontamente atendidos, por óbvio, pagaram deixando gorgeta, deram até logo, e voltaram à zona de guerra, certamente.

As pessoas estão fechando suas casas, pois os bairros do Leblon, Lagoa, Jardim Botânico, Humaitá, ficaram vulneráveis.

O Rio virou um terror.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s