Home

INDIOS pOLICIAIS 1

A foto mostra um homem num “pau de arara”, uma das torturas exaustivamente usadas pela ditadura brasileira, conduzido por dois índios, em Belo Horizonte, por ocasião do desfile militar de 7 de setembro de 1970.

Corriam os primeiros anos do General Médice.

A presença indígena numa festa da civilização, dos homens brancos, marcava a formação da primeira Turma da “Guarda Rural Indígena”.

Começam a ser transformados em soldados, destinados a reprimir tribos que insistissem oferecer resistência à invasão de seus territórios, principalmente à construção de rodovias.

A foto é uma crônica cruel de um governo autoritário, de uma ditadura.

Há mais: extremamente didática, principalmente hoje, onde depois das lambanças do lulopetismo, surge muita gente, até pessoas de bem, aspirando à presença dos militares novamente dirigindo o Brasil.

Ainda agora, um general, na tropa, Antônio Mourão, nome de triste  memória, revela a existência de estudos, no Alto Comando do Exército, de nova intervenção militar no país.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s