Home

Lava-Jato

Temer agora muda o foco de sua defesa, ele que tem como bordão a perseguição política.

Todos eles repetem o mesmo discurso. Lula, Aécio, Dilma e agora Temer.

As descargas de Temer dão um tempo no Ministério Público, deixa de lado Janot, e parte para cima de Polícia Federal.

Os arrazoados da PF, cerca de 500 páginas, descreve a ação do “quadrilhão do PMDB”, produzindo rombos milionários na Petrobras, Caixa Econômica, Furnas, Ministério da Agricultura, Secretaria de Aviação Civil, e não menos no Congresso.

Alguém imagina que a PF, subordinada a um Ministro da Justiça escolhido a dedo por Lula, Torquato Jardim, iria produzir uma acusação mentirosa, despida de conteúdo, falsa, apenas para perseguir Temer e seu grupo?

O “quadrilhão”, segundo a PF,  reunia seis amigos do peito de Temer. A metade já vê o Sol quadrado. Cunha, Henrique Alves, e Geddel Vieira Alves.

Eliseu Resende e Moreira Franco permanecem livres e soltos, embora com as tropas em seus encalços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s