Home

Dirceu e Temer

Temer, por tudo o que significa, é indefensável.

E, no entanto, o que faz agora, para escapar do julgamento no STF, o PT de Dirceu e Lula fez também nos idos de 2005.

Eram os tempos do mensalão, e o PTB de Roberto Jefferson, aliado do PT, ao perceber as manobras do Governo no episódio dos Correios, onde começava a ser demonizado como corrupto, de que fato sempre foi, põe a boca no trombone.

Parte para a criação de uma CPI. 

Dirceu, que comandava a máquina, entra em pânico.

Acena bandeira branca para Aldo Rebelo (PC do B), Ministro da Coordenação Política, com quem brigava publicamente, e selam um armistício.

Por óbvio.

Para Lula, era o melhor dos mundos, já que assim se desvencilhava de Dirceu, cada vez mais sonhando com sua Cadeira.

Jeffersou bateu os pés, recusou acordo, e tudo foi feito para impedir a CPI dos Correios.

Não deu certo, terminou sendo aprovada.

O Governo, com Dirceu liderando a máquina, e Lula de tudo sabendo, nunca foi omisso, inicia o mesmo processo          imoral que agora Temer executa para permanecer no Poder.

Cooptação, liberação de emendas e cargos até então represados, foram postos no balcão, nos mesmos moldes do que agora acontece com Temer. Tudo o que o PT hoje denúncia no Governo Temer.

O PT e Lula nunca tiveram memória.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s