Home

Se existe o corrupto nacional, como deixaria de haver o malandro federal?

A malandragem é filha bastarda da grande mãe corrupção, que sempre a tratou até com desprezo.

Filha menor, de ambições estreitas, já o corrupto não, merece fé, investimento, podendo, quem sabe, alcançar as mais infinitas alturas, realizar os mais soberbos sonhos.

Como de fato tem acontecido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s