Home

hermanbenjamin620

Um magistrado, um homem, sai desta lamentável absolvição – provando que no Brasil os crimes compensam – maior do que entrou no plenário do Tribunal Superior Eleitoral: Herman Benjamin.

O que não vai acontecer com outros.

Praticamente isolado, enfrentando a mão pesada do estado, e mais as poderosas bancas de Temer e Dilma, sem nenhuma cobertura partidária, se impôs perante a nação.

Com a pureza de um Dom Quixote, lutando um bom combate,  não contra  moinhos de vento, mas acenando às pessoas de bem, que vale a pena buscar a lisura, a ética.

Homens recentes como Ulisses Guimarães, Ayres Brito, Joaquim Barbosa, Sergio Moro, e agora Herman Benjamin, fazem crer que o Brasil possa ser possível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s