Home

Picasso e Jaqueline

Nascido em Málaga, Picasso foi, de fato, muito mais francês. Em Paris, aonde chegou jovem, nasceu em 1881, iria virar de ponta-cabeça a arte de todo o século 20.

Foi um escândalo, um tsunami sua passagem pela França, onde viveu e produziu sua obra na contramão de tudo o que existia antes.

O artista das fases Azul e Rosa, entre tantos outros experimentos, foi um amante voraz, ciumento, infiel, perverso, um fauno.

Viveu, morou junto, casou, separou em seus diferentes experimentos amorosos, com sete belas mulheres.

Não poucas vezes foi abandonado, e como sofreu, e como demonizou essas ingratas.

Fernande, Eva, Olga, Marie-Thérèse, Dora, Françoise, e Jaqueline. Certamente, nenhuma foi absolutamente feliz, se é possível uma mulher sê-lo com um homem de tão diferenciadas e polêmicas virtudes.

Em sendo possível qualquer casamento ser absolutamente feliz, mas isso é outra história.

“A arte lava longe da alma a poeira da vida cotidiana”, disse certa feita.

Quem sabe, talvez dele se possa imaginar que não conheceu a miséria do tédio humano, da vida cotidiana, tantas foram as experiências vividas, principalmente na arte e não menos em sua vida amorosa.

Já que a variedade, já o disse Shakespeare, é o encanto da vida.

Foi, enquanto viveu, um mar revolto de erotismo e desejo da carne, de que nos fala a bíblia.

Viveu quase um século, 91 anos, e o mundo das artes nunca mais seria o mesmo.

Picasso, mais que ninguém, transpôs para as telas a obsessão pelas mulheres.

No início das paixões eram deusas, ao final, no desencanto da despedida, se metamorfoseavam em monstros, principalmente em sua obra.

Humano, perversamente humano.

7/06/2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s