Home

Irmãos Batista

(…) Pelas peripécias de certos parentescos na Justiça —-Lula e seus filhos, Sérgio Cabral e sua mulher, Aécio Neves e sua irmã—, a família deixou de ser a “célula mater da sociedade”, como se dizia, para se tornar o núcleo de quadrilhas organizadas com o objetivo de se dar bem.

A família que corrompe unida continua unida — vide os irmãos Joesley e Wesley Batista.

Houve um tempo em que, em matéria de irmãos, e para citar apenas os mortos, o Brasil era servido de gente extraordinária.

A começar pelos irmãos Andrada – José Bonifácio, Martim Francisco e Antônio Carlos –, a quem devemos a Independência.

Ou pelos Rebouças – Antônio e André, engenheiros e abolicionistas. Ou pelos Azevedo – Aloysio, romancista, e Arthur, teatrólogo. E o que dizer dos Bernardelli –Rodolfo, Henrique e Felix–, mestres das belas artes? Ou dos Rodrigues – Mario Filho, Roberto e Nelson–, gênios em tantos departamentos?

Ruy Castro – Folha de SP – 3/06/2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s