Home

jOESLEY - 123

O bicho vai pegar.

A gravação clandestina de Temer padece da falta de autorização de um juiz.

Se de fato se confirmar, ela se converte em “abuso de autoridade”, o projeto sonhado por Renan, Aécio, e tantos outros.

Lauro Jardim veiculou o “furo” um dia antes de Fachin liberar as fitas.

Curioso, não? Quem vazou?

Não foi o porteiro do meu prédio. Ou a PF ou os procuradores do MPF, é uma hipótese plausível.

As gravações foram editadas. Sem polêmica. Há ruídos em momentos decisivos.

Mais que isso; começam a surgir acusações graves, isto é, que a fita  foi editada. Teria havido divulgação seletiva.

Que o dito, ou os ditos nas gravações são imorais, não está em jogo.

Mas que cheira, no caso de Temer, de armação, não chega a ser uma hipótese idiota, sem prejuízo de que ele, e todo o seu grupo, fazem parte do lamaçal que tomou conta deste país a partir da implantação do Lulopetismo.

E, no entanto, as gravações do pilantra Joesley, estão fazendo um bem danado ao país.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s