Home

Lula e dona Marisa

Há 12 anos, precisamente no dia 11/08/2005, o então sócio de João Santana, Duda Mendonça, lançava uma bomba no colo do PT, e não menos de Lula, posto que este partido nunca existiu sem o grande Chefe, ao revelar que seus honorários, para eleger o então presidente, foram pagos por Caixa 2.

A importância somava R$12 milhões, hoje uma bagatela diante dos milhões de Santana e Monica, e a revelação foi feita durante uma CPI.

O imenso Salão da Câmara dos Deputados quase foi inundado de lágrimas. Foi um chororô de fazer crocodilo lacrimejar.  

Chico Alencar e outros que logo depois formariam o PSOL choravam de fazer dó.

Hoje já não há mais lágrimas. Os crimes do PT, seus associados e de Lula, foram banalizados.

Doze anos depois, o mesmo Lula, já mais encurralado, volta a negar tudo.

“Não sei”, “Não me recordo”,  “Marisa foi quem tratou”, já agora dentro de um Tribunal, interrogado por um “juizeco de 1ª Instância” que está ajudando a passar o país a limpo.

O mais nefasto disso tudo, é que Lula não teve pejo de recorrer à companheira já falecida, como rota de fuga para se safar, dos mesmos procedimentos, há 12 anos registrados.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s