Home

Gilberto Carvalho

No primeiro ano do impeachment, que ao lulopetismo corresponde à Queda do Muro de Berlim, o inferno astral se acentuou.

4ª feira Lula sentou no banco dos réus, em Curitiba. Que horror.

Logo em seguida, já na 5a feira, sem dá fôlego para comemorar “ a vitória acachapante” do grande líder sobre o juiz perseguidor, Dilma e Lula são massacrados pelas personalidades mais próximas e íntimas do poder; seus dois marqueteiros.

E, já na 6ª feira, três dias seguidos, Palocci dispensa Batochio, advogado dele e de Lula, e parte para a colaboração premiada.

Bem que Gilberto Carvalho, o padreco,  escudeiro de Lula, tem razão.

Que se encerrem as delações, não suportamos mais tanto sofrimento, confessou Carvalho, carregado de sentimento de piedade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s