Home

Monica Moura -

A sertaneja é antes de tudo uma fortaleza.

A castidade da “presidenta honesta, incorruptível, a faxineira que não convive com malfeitorias” foi, há 24 hs, quebrada, nas imagens exibidas pelos  telejornais do país.

A sertaneja arretada, Mônica Moura, em diferentes encontros cordiais, com outras mulheres, que a investigaram, portou-se como se estivesse tomando uma cervejinha esperta, com amigos e amigas na periferia dos sertões nordestinos.

Desmontou, sem cara amarrada, sem ódio, oferecendo detalhes, de maneira até graciosa, sem nunca perder a ternura, as diferentes ações da ex-presidenta  Dilma, inclusive a obstrução das investigações da PF.

Mônica, em suas revelações  nos ensina porque o sertanejo é antes de tudo um forte, não padece das fragilidades do homem do litoral.

Quase alegre, não raro risonha, mais solta que um periquito da caatinga (Caratinga Cactorum), deliciosamente mulher, deliciosamente feminina, Mônica Moura, pela primeira vez neste país, nos mostra, fora da ficção, o que já nos tinha ensinado Euclides da Cunha; “O sertanejo é antes de tudo um forte”.

Parcela da população brasileira foi dormir ontem deliciada com a graça e a espontaneidade de uma sertaneja, pilantra, tudo indica, é o que dizem os autos, mas transparente e arretada.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s