Home

Lula inocente

A última pesquisa do Datafolha, que, cada entre nós, não pode ser vista como dogma, por óbvio, mostra Lula crescendo, juntamente com Bolsonaro, nas intenções de voto para presidente em 2018.

Há mais; num 2o turno só perderia para Marina ou Sergio Moro.

O Lulopetismo, os ex-aparelhados nas empresas públicas, os sindicatos, as corporações estão cada vez mais assanhados.

E, no entando, está na pesquisa, é apontado como o governo mais corrupto na História da país, deixa Dilma comendo poeira.

Lula, revelam os números, se reconciliou com os 30% dos eleitores cristalizados do PT. Nada mais natural. Esse eleitor não vê outra alternativa.

E, no entanto, Lula alcança hoje 46% de rejeição do eleitorado brasileiro.

Não há precedente de nenhum candidado majoritário, numa eleição presidencial, em nenhuma democracia, ganhar uma eleição, não fraudada, com esse volume de rejeição.

Exceto se for partido único. 

O que determina uma vitória eleitoral não é a aprovação, e sim o patamar de sua rejeição. 

Quase tudo é possível nesse mundo de Deus; exceto um cavalo, num grande prêmio, ganhar chegando de costas, ou uma rejeição de mais de 44% levar a uma vitória numa eleição majoritária. 

Um pensamento em “2018 e o juízo ligeiro das pesquisas eleitorais

  1. VC sabe algo sobre a melhor bomba hidráulica para levar água a igrejinha do retiro? Queremos manter um jardim, descarga de privadas e o Jardim do critério.

    O resto não importa. Não dá pra contar com apoios “institucionais ” . Nos faremos isso com vaquinhas,rifas e bazares. Simples, né?

    Mas falta a indicação da melhor bomba.

    Simples, né?

    Abs

    Ismael

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s