Home

 

karl_marx_a_historia_

Marx já dissera, com precisão milimétrica, há mais de um século, que a religião é o ópio do povo.

Continua.

Recorreu, ele escrevia muito bem, a uma bela metáfora; “a religião é o suspiro da criatura esmagada pela desgraça”.

Marx viu o mundo, com muita clareza, através da lente praticamente única da luta de classes. Até hoje não pôde ser desmentido inteiramente.

E, no entanto, não é só a religião que tem sido o ópio do povo.

O Brasil está oferecendo ao mundo uma experiência curiosa, após tudo o que aconteceu, durante mais de 70 anos, com a experiência soviética.

As confissões da grande aliança entre partidos de esquerda e o capitalismo de compadrio – 13 anos de Lulopetismo – corruptor e corrompido, são provas sobejas de que a ideologia de esquerda é o ópio dos intelectuais e a desgraça do povo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s