Home

lula-e-o-pmdb

Três de maio, Lula e o juiz Sergio Moro terão seu primeiro encontro.

“Nosso Guia” será interrogado na condição de réu, por mimos recebidos da OAS, que nada tem a ver com a malfeitorias na Odebrecht.

Como de resto, nega ter recebido favores.

Desafia qualquer empresário de sequer ter pedido 10 reais.

Essa revelação, com tamanha segurança, entrega, com os 9 dedos de sua mão, dois “aviões”; Palocci e Mantega.

Não é a primeira vez que Lula lança ao mar companheiros feridos nos embates.

Num depoimento anterior, 10a Vara Federal de Brasília, no episódio em que teria tentado comprar o silêncio de Cerveró, Lula fez barba, cabelo e bigode.

Transformou o interrogatório em comício, principalmente pela docilidade das perguntas que lhe foram feitas. 

A militância teve sucessivos orgasmos, durante todo o interrogatório.

Agora, dia 3 de maio, pode ser diferente.

Vai estar, pela 1a vez, diante do carne de pescoço Sergio Moro.

Há mais; os 60 mil apoiadores de Lula, em Curitiba, prometidos pelo PT, com caravanas procedentes até do Acre, podem sofrer refluxo. 

A partir da “delação do fim do mundo”, o ciclo das marés mudou.

Há até quem diga, que essa pode vir a ser a 2a detenção de Lula.

Condições sobjetivas e objetivas, existem. Quem viver, verá.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s