Home

 

Lava-Jato

Quando à lista de Fachin, não custa lembrar o bordão dos éticos, dos revoltados contra a impunidade, dos que se cansaram com os foros privilegiados: “bandido bom é bandido morto, desde que não seja amigo dileto, parceiro de empreitada, e tampouco o meu filho.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s