Home

Não parece, mas as duas estrelas são Sérgio Cabral e Eduardo Paes. Tempos idos e vividos. Aliás, intensa e gloriosamente vividos.

Cabral agora, detido, numa cela de Bangu 8, que ele ajudou a construir, sua administração não foram só propinas, admitindo-se que não as  houve nessa obra, começa a derreter, prometendo ajoelhar e rezar.

Negocia uma delação premiada, prometendo abrir a torneira da Assembléia Legislativa, Tribunal de Justiça, e até mesmo no Superior Tribunal de Justiça.

O que se espera é que faça a narrativa do poder Judiciário.

Sergio Cabral e eduardo Paes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s