Home

pmdb e seus líderes

O Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, foi ao Congresso, ontem, discutir a aprovação de um projeto sobre abuso de autoridades, de autoria de Renan Calheiros, respondendo ele próprio a 9 inquéritos no STF. 

Foi um espetáculo único, singular, bizarro, na história da República.

O projeto já foi classificado na CCJ, presidida por Edson Lobão, profundamente também investigado, como de prioridade máxima sua votação.

Fazem parte da CCJ dez senadores exaustivamente investigados pela PGR, o que não deixa de ser curioso, ao tempo em que fornece com clareza a imparcialidade dessa aprovação.

Nessa visita patética de Janot  participaram do fechado encontro o presidente do Senado, Eunício Oliveira, o Índio, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o Botafogo, todos eles primorosamente citados nas delações da Odebrecht e de outras empresas da Lava/Jato.

A nossa originalidade não se restringe apenas a existência da jaboticaba.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s