Home

adrianaancelmo12

O sonho da querida Adriana Ancelmo, ex-primera-dama do estado do Rio de Janeiro, que muito nos envaidecia, ainda esposa de Sérgio Cabral, dona de uma banca invejável na esfera dos profissionais de Direito, ainda detida injustamente, dizem seus advogados, numa das celas nada fashion, de Bangu 8, teve a duração de um voo de borboleta.

Schopenhauer dizia, em seus aforismos, que alegria de pobre dura pouco. Schopenhauer falando de pobre?  tudo bem, licença pretensamente poética,  e bola pra frente que atrás vem gento.

Pena, o guru do pessimismo não mais permanecer vivo.

No Brasil da Lava/Jato até mesmo alegria de rico também não dura muito. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s