Home

FGTS -12

FGTS 11

Ontem, 6ª feira, cheguei à agencia da Caixa Econômica às 9h46m. Já havia uma razoável fila. Havia de tudo. Jovens, maduros, mulheres, pessoas em cadeiras de rodas, velhos, e assim por diante.

Já na 5ª feira, à noite, após a novela da Record, minha mulher, 47 anos casados, chamou minha atenção.

Fica ligado, que 6ª feira tem a conta retida do FGTS. Sabíamos que não seria muito, mas em tempo de vacas magras, tudo é bem-vindo.

Dentro da agência, um rio Amazonas de esperanças, ou desencanto, é o que pareciam revelar os rostos.

Às 15h42 fui finalmente atendido. Desnecessário falar do estresse. Entre os documentos de praxe, Carteira Profissional, número do PIS, em menos de 12 minutos tive a resposta.

– De fato o senhor teria R$295,00 para receber. Acontece que sua empresa não recolheu a sua contribuição, sonegou, nada, portanto, a receber.

Ainda tive que ouvir uma velha senhora, visivelmente rabugenta, me dizer;

– Estranho, morando num bairro caro como esse, vir atrás dessa mixaria…

Senti vontade de mandá-la participar da reforma agrária do Maduro na Venezuela, ou catar piolho em hiena.

Em casa, tentei, profundamente aborrecido, relatar à minha companheira, sim, homem e mulher já não o somos há décadas, o que acontecera.

– Você, em toda a nossa vida, respondeu rudemente, não acertou em nada. Não soube nem mesmo escolher uma empresa decente para trabalhar.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s