Home

 

 

Lula e Sarney

E agora José?

O executivo Hilberto Mascarenhas garantiu, em sua colaboração premiada, que o Departamento de Operações Estruturadas, da Odebrecht, o banco de propinas da empresa, movimentou US$3,4 bilhões, entre 2006/2014, para abastecer o caixa 2 de campanhas eleitorais no Brasil e no exterior.

Disse mais; que o codinome “amigo”na planilha de pagamento de propinas se referia ao ex-presidente Lula.

O codinome “amigo” na planilha é dono de um saldo de 23.000, o que corresponde a R$23 milhões na contabilidade paralela da Odebrecht. 

Todas essas revelações, e muitas outras, foram feitas na noite deste última 2a feira.

O que surpreende não é a desfaçatez de Lula em continuar negando, nesse mar de degenerados que o país acompanha.

O que mais surpreende, espanta e desconcerta, é continuar havendo quem ainda acredite, de forma apaixonada, sem direito à dúvida,  em Lula.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s