Home

Há um romance, uma obra-prima, “Ligações Perigosas”, publicado um pouco antes da Grande Revolução,1782, que retratou de forma perversa as relações vis da aristocracia francesa, hegemônica no mundo.
O autor, Choderlos de Laclos, um general, era um tempo em que os generais pensavam e escreviam, através de cartas, romance epistolar, disseca, com bisturi impecável, as indignidades da aristocracia.
Nobres ociosos e sem escrúpulos vão, prazerosamente, via delações, destruindo reputações, lavando a roupa-suja do regime, a roupa-suja de uma classe dominante mascarada, despida de escrúpulos, de ética, de princípios.
A obra, recebida com ódio, apontada como persecutória, caluniosa, teve papel fulminante durante os tempos da Grande revolução.
Entregou de bandeja a decadência de uma classe social, de um imenso grupo de vampiros que, por ocioso, ambicioso, perverso, carreirista, corrupto, sugava o sangue do povo, da nação.
As delações perigosas de Marcelo Odebrecht e seus 77 executivos, entregando o casamento, as relações criminosas entre a elite política brasileira e as empresas nacionais, estão fazendo um bem avassalador ao Brasil.
Lá atrás eram epístolas, cartas, agora são gravações em vídeos, fazendo a narrativa de políticos e empresários criminosos, que nos foram vendidos como homens honrados, sem jaça e sem reproches, heróis dos tempos da Cavalaria, acima de quaisquer suspeitas, defensores, principalmente os políticos, de oprimidos e injustiçados.
Os tempos das grandes mudanças, os tempos das grandes viradas, das revelações, são sempre tempos perigosos.
E, no entanto, temos o privilégio de os estar vivendo.
Que tristeza, que dor, que ódio, mas também que alegria, que interessantes e revolucionários tempos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s