Home

Joaquim-Barbosa-Foto.jpg

Dizer que o STF começou a desdizer ontem o que foi dito durante todo o processo do Mensalão não é cometer nenhuma impropriedade.

Lá atrás, Marco Aurélio classificou o grupo como “uma quadrilha das mais complexas”; Celso de Mello como” sofisticada”; Ayres Britto lhe atribuiu “organicidade visceral”.

Com aposentadorias e novos Ministros, o Governo virou o jogo. Um grupo que comandou e desviou mais de R$70 milhões, corrompeu, induziu, cooptou, envolveu dezenas de parlamentares, não é mais quadrilha. Quadrilha é para favelados, gente pobre.

E na maior sem cerimônia Luís Barroso argumenta que a decisão anterior foi política, como se a dele, agora, desconstruindo esse juízo, não fosse.

Pode-se até mesmo aventar; o ponto fora da curva neste julgamento está sendo o magistrado Luís Barroso.

A impunidade da elite brasileira sempre ganhou. Vejamos Maluf, Renan Calheiros, Jader Barbalho, Collor, Sarney e tantos outros.

De tudo isso resta uma leitura: a profunda solidão de Joaquim Barbosa, que ousou – os negros sempre foram ousados – fazer justiça, onde a justiça existe apenas para os excluídos, humilhados. Essa solidão, mais do que nunca, está agora sendo escancarada.

 

Um pensamento em “A solidão de Quincas Borba (27/02/2014)

  1. O STF é político.É partidário. É classista.
    ACM, imaginem, ACM e ainda Roberto Freire, antes de tornar-se ministro do “Mistério da Cultura” afirmavam que o judiciário era uma caixinha preta. Racismo. Puro racismo. Excelências.
    A Dilma não aceitou negociar aumento de salário para os coitados do judiciário.Se fu…
    Diante das evidências e da palhaçada que foi seu empedimento na presidencia… restou esse…. Temer . Que horror!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s