Home

equador

Finalmente, vai haver segundo turno nas eleições presidenciais do Equador.

Um grande perigo para o bolivarianismo.

Se o candidato da Oposição, Guilhermo Lasso, conseguir firmar uma aliança com os outros partidos que se opõem a Rafael Correa, atual presidente, o bolivarianismo, que já foi afastado na Argentina, no Brasil cassado, no Peru pediram para sair, e na Venezuela virou calamidade nacional, tudo indica, vai desidratar de vez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s