Home

eduardo-cunha-esposa-jornalista

O presidiário Eduardo Cunha seria uma singularidade humana, não fossem os crimes que lhe são atribuídos.

Revelar, somente agora, que padece, conforme acontecia com dona Marisa Letícia, de um aneurisma, não deixa de ser punk.

Falta só, sofrendo um doloroso derrame, no interior do presídio, sua companheira, a jornalista Cláudia Cruz,  chorar, de forma doída e lacrimosa, sua morte, e também chamar Sergio Moro e seus colegas de imperdoáveis facínoras.

Um pensamento em “Um aneurisma pode fulminar Cunha

  1. Meu caro
    Falta tambem indiciar essa bela senhora. Coitada.
    Ela tambem, nada sabia das falcatruas do “aneuristimú”?

    Ta bom.
    Ela não é nós.
    Ele.é um grande arquivo. Arquivo pode explodir. Como um aneurisma.

    O Brasil é um aneurisma.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s