Home

onibus-lotado

Há tempos não andava de ônibus. Metrô é uma maravilha, ônibus, um inferno.

Trânsito não circula, veículo lotado, mulheres e idosos em pé, freadas buscas, calor do Saara, e um motorista  estressado entre dirigir e cobrar as passagens. Inacreditável.
Sento ao lado de uma senhora negra, idosa, puxo conversa, não tá nem aí pra mim, me olha com indiferença, forço a barra com leveza, e terminamos conversando. Uma beleza, suas tiradas e reflexões:

– Tudo pilantra. Vê o pobre do motorista; faz o serviço do cobrador, tiram um emprego de um trabalhador, e não tem compensação das empresas. São gêmeos dos políticos.  Farinha do mesmo saco.
Fica em silêncio, e continua; a novidade é bacana preso, e a roupa suja lavada abertamente. Às vezes não sei se estou no Vidigal, ouvindo os barracos da favela, ou a deduragem dos políticos diante da tv.
– Uma beleza. Ainda dizem que o país não tá mudando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s