Home

imperio-otomono

Há dois dias fez 100 anos do chamado Grande Levante Árabe contra o Império Otomano, no meio da 1ª Grande Guerra, exatamente no dia 9 de junho de 1916.

Essa Guerra detonou três, dos quatro Impérios que dominavam o mundo.

Sobrou para o Brasil, e sobrou muito bem, o fim do Império Otomano, apesar de muçulmano. O poder era turco. Portanto, odiado pelos árabes.

Fugindo da obrigação do serviço militar nas tropas otomanas, que se estendiam pelo Kuwait, Síria, Palestina, Golfo Pérsico, Mesopotâmia, e muito mais, os jovens árabes buscaram e ocuparam a Amazônia.

Tomaram conta dos rios, do comércio, nos legaram sua cultura, interagiram etnicamente, saíram amando todas as nativas, e nós, bem mais tarde, ali nascidos, não entendíamos porque resultava em ofensa chamar um libanês, um sírio, ou qualquer outro árabe, de turco.

Para nós nativos, mergulhados em doce alienação com o que se passava no mundo, impossível entender tanto ódio numa gente tão parecida, tão semelhante, comungando o mesmo Deus.

E, no entanto, era a guerra histórica, milenar, entre árabes e turcos. Impossível, para um amazônida, entender essa luta insana, no interior de um mesmo Deus.

Éramos, ainda, absolutamente inocentes, no que toca, à insanidade humana.

Decorridos todos esses anos, continuam na mesma carnificina no Oriente Médio, e mesmo fora dele.

Revisitando – junho de 2016

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s