Home

O presidente Michel Temer foi rápido no gatilho; mal soube do “acidente” veio a público lamentar, de forma muito compungida, a morte de Teori Zavascki, relator da Lava-Jato, no STF.

Temer é um dos mencionados nas delações da Odebrecht, mas nem por isso recuou, mostrando coragem, firmeza, comoção e isenção.

E, no entanto teve o cuidado, delicado cuidado, de, em seu choroso depoimento, não se fazer acompanhar de Eliseu Padilha, e muito menos de Moreira Franco. Quanto a Geddel Vieira, amigo de décadas, hoje posto no sereno, nem pensar.

Mesmo assim, vamos lembrar, os três grandes escudeiros do presidente fizeram falta, lá isso fizeram.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s