Home

geddel

Enquanto Geddel Vieira Lima ocupou o cargo de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, no governo Dilma Rousseff, no período entre 2011/13, área responsável por financiamentos empresariais, foram liberados pelo menos R$4,3 bilhões às principais empresas suspeitas de pagamento de propina na Operação Cui Bono, ora em curso pelo MPF.

É, conforme dizia ACM, que o acusou de comprar 12 fazendas na Bahia e 6 apartamentos em Brasília, sem recursos pessoais suficientes, quando Geddel vai às compras, os negócios não são de pequena monta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s