Home

velho-diabo-3

A Olimpíada deu Adeus, consta que ela e o Rio encantaram o mundo, e por aqui fiquei, na Serra da Bocaina, do que sobrou da bela mata Atlântica, convivendo com a desilusão do meu vizinho.

Desilusão rica de ensinamentos.

O nome de batismo do Velho Diabo é João Mateus, mas aqui, na Serra, entre Rio e SP, ninguém deixa de ter um apelido.

Minhas visitas ao seu Rancho têm se estreitado, principalmente por ter ele feito um pacto com o Diabo, onde obteve tudo na vida – poder político, riqueza, vassalagem, gratidão dos excluídos, apoio de banqueiros e empreiteiros – mas ao final percebeu que fora ludibriado.

Há dois dias me mostrou um Manuscrito beneditino, coisa que nunca tinha feito até então, para ninguém, que me deixou encantado.

É um raro, talvez único, na terra, Evangelho do Diabo, já denunciado por Santo Agostinho, onde fica claro, conforme conta Machado, que “a Igreja do Diabo imita a Igreja de Deus”.

Tudo na linha do Sermão da Montanha, à maneira de S. Mateus.

Há ensinamentos bizarros, de uma atualidade assustadora, apesar de elaborado no começo dos começos, com o mundo ainda em formação.

“16º – Não jurareis falso, e cumpri ao Senhor Deus os teus juramentos.”

Ele se contrapõe. E no 17º mandamento, adverte;

 “Nunca jureis a verdade, porque a verdade, além de indecente, expondo quem a professa, é insuportável. Mas jurai sempre a propósito de tudo, porque os homens foram feitos para crer mais nos que juram falso.”

– Se disserdes que o Sol vai desaparecer, todos irão correndo comprar velas.

No 22º Mandamento consta:

“Não confieis em ninguém. Em verdade vos digo que, cada um de vós é capaz, sempre, de enganar ao outro, destruí-lo, até porque um rosto sofrido, maus modos, um passado de retirante, não é garantia nenhuma de dignidade”.

Ao me despedir indaguei:

– Por que tanta sabedoria nessa entidade, que disputa com Deus parte do rebanho humano, obtendo mais vitórias que o Criador?

Meu anfitrião sorri, riso indecifrável, toma nova talagada de Cocal, cachaça não mais existente, e nem por isso menos saborosa, e ensina:

– Perceba, distinto amigo – um cheiro de enxofre invadiu seu diminuto quarto; não é que seja um superdotado, um iluminado, mente privilegiada.

– O Diabo é vitorioso porque é Velho.

O cheiro de enxofre tomou conta da casa inteira.

Revisitando  –  Agosto/2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s