Home

val-marchiori

Corria o segundo mês de 2015 quando a revista “Vogue” promoveu em SP um desses bailes de arromba. O encontro da elite branca, conforme denomina Lula, e nele havia as cabeças mais coroadas do país.

O tema: falta d’água. Todos se recordam, os primeiros meses de 2015, a região Sul/Sudeste, e de resto outras do país, viveram a ameaça, e até mesmo o seu racionamento.

Ivete Sangalo, que animou os seletos 1.500 convidados desse baile da Vogue, suando às bicas em seu camarim, confessava que só sentia falta d’água quando visitava a capital paulista.

Nada mais original.

Já Luciana Gimenez, de notório saber, não escondia seus protestos, e, indicava caminhos; “tem desertos em que não falta água porque tem planejamento”.

Sábia, de português castiço, e bem informada Luciana Gimenez.

Houve mais.

A socialite Val Marchiori, a deslumbrada, ofereceu exemplos dignificantes e mostrou-se antenada com o sentimento de consciência social e ambiental dominante nos países do 1º  mundo.

Do alto de sua evidência com um estranho empréstimo obtido no Banco do Brasil, via amizades generosas, Val Marchiori revelou; “parei de tomar banho de banheira. Fiz minha parte”.

Mais renúncia, impossível.

Há suspeitas nesse empréstimo, obtido quando Aldemir Bendine presidia o Banco do Brasil. Agora é o novo presidente da Petrobras.  Consta que são amigos diletos, e daí?

O diabo é que a mídia direitista e golpista vive botando chifre em cabeça de mula o tempo todo. Que horror!

Aqui, no Rio, na pracinha Pio XI, xodó do bairro do Jardim Botânico, os ensaios para o Carnaval estão bombando.

No mesmo bairro, a menos de um 1 Km, pode-se imaginar a desolação de Eike Batista, com a Justiça retirando do seu interior objetos pessoais, computadores  e carros de luxo.

Em carnavais passados, tinha o seu nome, nos desfiles do Sambódromo, no pescoço de uma das mulheres mais desejadas do país.

Para não mencionar donos de multinacionais brasileiras, ora vendo o sol quadrado, e correndo o risco de saberem o resultado dos desfiles em rádios de pilha dos carcereiros da PF.

Já foi mais generoso e fashion participar da elite branca brasileira.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s