Home

pezo-e-temer

Pezão, governador do estado do Rio, alçado ao posto por iniciativa do presidiário Sergio Cabral, precisa abrir os olhos.

Se não encontrar solução para a crise vivida pelo estado, terá, certamente, que pedir para sair já no próximo ano. Se não o fizer, cairá à sua revelia.

Da mesma sinuca de bico, com mais fôlego talvez, padece Michel Temer, presidindo o país. Precisa, com urgência, embora esteja no caminho certo, apresentar resultados.

A torcida contra é grande, gigantesca.

E, no entanto, Pezão e Temer podem não chegar ao final da caminhada prevista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s