Home

indios-acreindios-acre-7indios-acre-1

indios-acre-3

Mais uma vez se presta, em nome da vaidade, pecado em que o Diabo ganha generosamente suas almas, um grande desserviço aos povos indígenas.

Foram publicadas fotos na mídia nacional e internacional,  por óbvio, de uma nação indígena, ainda isolada, ainda intocada, ainda preservada, nas matas do estado do Acre.

Fotos feitas por Ricardo Stuckert, fotógrafo que acompanha Lula, e a ele serviu durante oito anos, quando no exercício da presidência.

Stuckert  promete lançar um livro sobre os povos indígenas no próximo dia do Índio, em 2017.

Pelo que me consta esse senhor nunca trabalhou ou atuou nessa delicada questão.

Essas reportagens são invasivas, abrem janelas para a localização, e, como todos sabem, aonde chega a civilização, alavancada pelo lucro, pela falta de respeito a essas culturas, pelo próprio caos em seu interior, tem início o fim desses povos.

Curioso é que no Acre não existem helicópteros, apenas o Governo do estado conta com uma dessas aeronaves, de extrema importância para a região.

O Acre é o único estado governado pelo PT. Será que esse fato ajudou Stuckert, amigo de Lula, a obter tamanha facilidade?

Ou a aeronave é de propriedade privada? Em sendo, tudo bem.

A Amazônia é o último reduto, no planeta, pelo que se sabe, contando com a existência de povos isolados da civilização.

Essa existência, dizia o Darcy Ribeiro, a maior riqueza do Brasil, mais importante que todas as riquezas materiais que possuímos.

Esses povos são o homem de ontem. Não estão nem à frente, nem atrás do processo civilizatório.

Seguiram outro caminho. Concretamente recusam, por experiência histórica, tantos têm sido os extermínios, essa aproximação.

Quem garante que não estão certos, pelo menos enquanto não invadidos, agredidos, “aculturados”?

Do ponto de vista tecnológico estão anos-luz atrás da civilização.

Do ponto de vista social, aí o papo é outro, estão muito à frente de nossas conquistas tecnológicas.

Isolados, em estado de cultura pura, vamos chamar assim,  esses povos são um soberbo exemplo de que o homem pode viver em harmonia, com um profundo respeito ao meio ambiente, sem luta de classes, sem a exacerbação da propriedade, sem a cobiça aloprada, com uma infinita capacidade de viver as diferenças, sem a busca desvairada pelo lucro e pelo poder.

Assustados, em pânico, as fotos o revelam, eles sabem da existência do perigo, eles sabem, até simbolicamente, que a partir de agora o mundo em que viviam começa a se acabar. 

Nada disso é levado em conta, quando a vaidade pessoal prevalece, quando a desinformação e a inconsciência são uma virtude com o nome bombástico, celebrado, e até premiado, quem sabe, de “furo jornalístico”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s