Home

paineiras-1

Este Ano, não teremos a grande data com a sacralizada Árvore de Natal da Lagoa Rodrigo de Freiras. No passado, no dia de hoje, já começara, de forma grandiosa,  a peregrinação em direção à nossa Meca.

A instalação de uma árvore de Natal na Lagoa Rodrigo de Freitas foi, durante muito tempo, um dos grandes eventos da orla marítima da Zona Sul do Rio.

Agora já não é mais. Este ano, por força da crise, quem sabe, o patrocinador escafedeu-se.

E a Lagoa Rodrigo de Freitas tem uma bela história.

Sua ocupação tem início nos idos de 1575, e de lá para cá a Lagoa foi gerando filhotes, como os bairros de Ipanema, Jardim Botânico, Horto, Gávea, Leblon, Fonte da Saudade e Copacabana.

Bom, o próprio bairro leva o seu nome.

De certa forma ela faz a narrativa da ocupação da cidade do Rio de Janeiro, principalmente da chamada Zona Sul, a região dos mais ricos, e nem porisso tem merecido respeito até hoje.

Continua linda, mas tem sido, ao longo dos anos, agredida, aterrada, violentada, degradada, e, principalmente, diminuída.

Em 2016 foi o palco de algumas competições das Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Suas águas continuam poluídas, e não adianta autoridades, tropeçando em evidências, viverem negando.

O poder, neste país, faz da mentira sua torta diária.

E, no entanto, a beleza é para ser mostrada. O que não vale é negar o seu abandono.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s