Home

temer-e-o-pmdb

A denúncia de Cláudio Melo Filho – um dos 77 da “delação do fim do mundo” da Odebrecht – envolvendo a cúpula do Governo, deveria levar Temer a pedir o afastamento de todos os seus ministros envolvidos nas propinas.

Proposta besta e idiota. Impraticável.

O Governo cairia em seu todo, e levaria no comando o próprio presidente, denunciado numa propina de R$10 milhões.

A PEC do Teto de gastos, a emenda mais importante de que se tem notícia, desde a queda da ditadura, foi finalmente aprovada.

Ela vai na direção de buscar um rumo à desgraceira produzida por Lula e Dilma, mas precisa de muito mais. É a primeira dose do remédio amargo, mas não há outra saída.

 Temer e seu grupo viveram uma noite de sonhos e esperanças. Nada mais justo.

Alguém deve ter buzinado – por que não? – aos ouvidos de Temer que, quanto mais escura a noite, mais transparente o amanhecer.

A narrativa de um Governo que assumiu há sete meses, garantindo que “ seria um Governo de salvação nacional”, decorrido todo esse tempo, transformou-se num Governo do “salve-se quem puder”.

Inclusive o Presidente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s