Home

lula-chora-2

No dia da queda, quando Dilma teve dolorosamente, em sua via crucis, de se despedir,  à revelia, do Palácio presidencial, em Brasília, foram tantas as emoções, mas uma ficou viva na memória do povo brasileiro; o desencanto, sem palavras, do ex-presidente Lula, seu Criador.

Parecia enxugar lágrimas, revelava cansaço, revelava profunda tristeza, e pode até  ser que nem lágrimas fossem, mas havia dor, havia o suor amargo da despedida.

A foto revelava dor profunda que ninguém foi capaz, nem os seus amigos mais próximos, nem os inimigos mais intolerantes, nem a mídia açodada, de decifrar os segredos ocultos de tamanho desencanto.

Hoje, com o PT derretido, ele repudiado nas últimas eleições, com a Justiça em seu encalço, não só dele como de seus familiares, sem retaguarda política, com os amigos presos, ou em julgamentos, com a cerimônia de beija-mão a que tinha até que fugir, rarefeita, praticamente anulada, podemos finalmente, decifrar as apreensões profundas dos dias que se anunciavam.

Lula, em sua solidão, sabia, muito bem, porque chorava!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s