Home

sergio-moro-e-renan

Sérgio Moro foi ontem a uma audiência no Senado, atendendo ao agora réu, Renan Calheiros.

Fora, todos sabemos, mais uma das provocações da lavra do senador da terra de Collor.

Ouviu de Renan, num rasgo de cinismo, que a Lava-Jato é “sagrada”. Foi aparteado intempestivamente pela estrela Gilmar Mendes, que adora ser ouvido e polemizado. É o seu forte.

Teve sua proposta nas 10 medidas de combate à corrupção solenemente ignorada pelo raivoso e valente Requião,  e finalmente sofreu agressão do senadorzinho,  líder da tropa estudantil de Gleisi e Vanessa,  Lindbergh Farias, o bate-pronto da militância lulopetista.

O senador da tropa de Dilma e Lula, representante do estado de Sérgio Cabral, Garotinho, Picciani, Pezão, PMDB, PT, que governam o Rio há décadas, e o quebraram escandalosamente.

Enfim, um parlamentar à altura da representação política do estado do Rio de Janeiro.

Moro não passou recibo, não perdeu a serenidade, o país continua apostando suas fichas em sua coragem, mas talvez não devesse ter ido.

Resistiu a tudo isso, não amarelou, mas a conspiração do grupo, dos fora da lei, certamente saiu menor.

No mesmo dia, Renan, o intocável, virou réu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s