Home

rodrigo-maia

Que os velhos se corrompam, é uma pena.

E, no entanto, têm o atenuante da idade, do longo processo de cooptação a que foram, talvez,  submetidos, das decepções vividas, dos sonhos sepultados.

Mesmo assim é uma tragédia.

Já um jovem, ainda no início de sua caminhada, quase sempre pontuada de sonhos, de sinceridade, de avanços e recuos, e crença num mundo mais ético, mergulhar na desfaçatez da dissimulação, da mentira, dos conchavos, dos esquemas do que de pior existe na velha política brasileira,  é mais grave que uma tragédia.

É um escárnio.

Esse rapaz, Rodriguinho Maia, o Chorão, de papada tão visível, carente de um regime, quem sabe, com os olhos marejados pelas lágrimas, é um acinte à linda trajetória da juventude, é um acinte a toda uma geração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s