Home

rodrigo-maia-renan-calheiros

A farsa de domingo passado,  com Temer cercado por Rodriguinho Maia, presidente da Câmara e Renan Calheiros, presidente do Senado, e com 12 investigações no STF, foi finalmente desmascarada.

Na ocasião os três fizeram  juras de que a Lava-Jato jamais seria esvaziada.

Na calada da madrugada do dia 30, a Câmara inicia o processo de derretimento da Lava-Jato, esvaziando as 10 medidas anticorrupção, fica claro que Renan, no Senado, jogou afinado com Rodriguinho Maia.

Em votação nominal, agora, o Senado acaba de rejeitar um requerimento, imposto por Renan, que incluia na pauta, à toque de caixa, o pacote anticorrupção desfigurado, mutilado, aprovado pela Câmara de Rodriguinho.

Derrota acachapante de Renan; 44 senadores – contra apenas 14 votos a favor – desaprovaram a urgência do presidente do Senado. 

Vale registro, que a bancada de oposição, com o PT liderando, votou a favor da manobra da Renan.

O Senador alagoano saiu arranhado ao tentar submeter o MPF, e, não menos, em sua liderança na Casa.

O país precisa ir às ruas, dia 4 de dezembro, domingo  próximo, para recolocar esses grupos pro corrupção em seus devidos lugares; lixo da História.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s