Home

emilio-odebrecht-e-lula2

Neste pacote de celebridades inclusas nas colaborações premiadas de 76 executivos da Odebrecht, e mais Marcelo, o príncipe das empreiteiras,  constam caciques do porte de Michel Temer, presidente da República, José Serra, Relações Exteriores, Eliseu Padilha, Casa Civil, e mais o indefectível Geddel Vieira, ora sob fogo cerrado por uma ninharia de um imóvel, incrustrado numa área tombada de Salvador.

Que bobagem.

Não ficam fora: Pezão, Governador do Rio, Lula, Aécio Neves, Geraldo Alckmin, Fernando Pimentel, governador de Minas. Há mais; Dilma, por óbvio, não foi excluída do “Game”.

Ah, sim, Mantega, escapou da prisão em Curitiba, mas não escapará da Lista da Odebrecht.

Delação não é só verbo.

Precisa de comprovação: e-mails, extratos bancários, e os arquivos do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht.

Nesses arquivos, Deus do céu, nem é bom lembrar, tampouco falar, muito menos consultar.

O fim do mundo nunca foi anunciado enviando flores.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s